Amparo-PB, domingo, 22 de outubro de 2017 . | | | | | Facebook twitter webmail instagran youtube

Prefeitura Municipal de Amparo - PBPrefeitura Municipal de Amparo - PB

É um prazer recebê-lo em nosso portal!

 

 

 

 

Secretaria de Educação Encerra Semestre Letivo Em Clima Junino

quinta-feira, 15 de junho de 2017

Em clima de muita euforia e muito trabalho, a Secretaria Municipal de Educação, encerrou neste dia (14/06) as atividades letivas do primeiro semestre. Durante as primeiras semanas do mês junino, as escolas Juvenal Ferreira de Brito(lagoa do meio) e Ildefonso Anselmo da Silva desenvolveram o projeto pedagógico voltado para a temática dos festejos juninos, em especial a quadrilha junina.
A quadrilha é uma dança tradicional das festas juninas que ocorrem no mês de junho no Brasil. Ela é uma dança coletiva, que conta com a participação de vários casais vestidos com roupas caipiras. A dança é embalada ao som de músicas instrumentais típicas do interior do Brasil. A quadrilha é dirigida pela narração de uma pessoa (marcador), que faz brincadeiras e conduz os casais em cada momento.

De acordo com historiados e pesquisadores da cultura popular, a quadrilha surgiu na França do século XVIII. Principalmente em Paris ocorriam danças coletivas, formadas geralmente por quatro casais, que tinham o nome de quadrille. Estas danças ocorriam em grandes salões palacianos e contavam com a participação exclusivamente de membros da aristocracia francesa. 
A quadrilha chegou ao Brasil no final da década de 1820 e, assim como em seu país de origem, foi muito comum entre as classes sociais mais ricas da sociedade brasileira da época (principalmente entre os integrantes da corte brasileira residente no Rio de Janeiro). Foi somente no final do século XIX que a quadrilha se popularizou e tornou-se comum entre as camadas populares da sociedade. Porém, ao tornar-se popular, agregou diversos elementos culturais populares, principalmente os relacionados às tradições e modo de vida no campo. Ganhou também, neste momento, um caráter mais divertido, com pitadas de momentos descontraídos e engraçados.
A partir do início do século XX, as quadrilhas se espalharam por várias regiões do Brasil, sendo até hoje muito populares tanto nas cidades do interior quanto nas grandes capitais. Porém, em cada região ela assumiu aspectos específicos da cultura popular típica da cidade ou estado. A beleza desta dança está justamente nestes aspectos populares e culturais múltiplos e diversos, que enchem a dança de cores, músicas e ricos elementos culturais.
Neste sentido trabalhamos o projeto intitulado - “NOS ARRAIÁS DA MEMÓRIA“ - cujo objetivo é resgatar um pouco das nossas manifestações da cultura popular - afirma a secretária de educação Fabiana Feitoza.
Na oportunidade o vice prefeito Flávio Messias, esteve representando o prefeito Inácio Nóbrega. Que deu total apoio para realização do evento.